Ergonomia  |  24-08-2020

Benefícios da Análise Ergonômica do Trabalho

Qualquer ambiente de trabalho hoje em dia oferece diferentes riscos ergonômicos aos funcionários. Diante disso, é dever das empresas garantir o bem-estar e a segurança da equipe, a partir da análise ergonômica do trabalho (AET). 

A AET é um documento fundamental no universo corporativo, pois garante às empresas o cumprimento das normas referentes à segurança do trabalho, e proporciona um ambiente laboral mais saudável e produtivo para todos. 

Se a sua gestão não dá a devida importância à análise ergonômica do trabalho, saiba que a organização como um todo está sendo prejudicada. Afinal, a aplicação da AET resulta em diversos benefícios tanto para ambiente laboral e a qualidade de vida dos colaboradores quanto para o andamento dos processos e a lucratividade da empresa.

Pensando nisso, separamos hoje as principais vantagens da análise ergonômica do trabalho e outros assuntos relacionados à NR 17 para você conhecer mais sobre o tema e ficar atento quanto a aplicação da AET na sua organização.  

O que é análise ergonômica do trabalho?

Antes de apresentarmos os benefícios da análise ergonômica do trabalho, vamos explicar o que é a AET, e o que ela representa para as empresas. 

A Análise Ergonômica do Trabalho, ou AET, é um documento elaborado a partir da análise do ambiente laboral, que visa reduzir os riscos já existentes para a saúde dos colaboradores e prevenir possíveis ameaças futuras.

Os riscos detectados no ambiente de trabalho podem estar relacionados com diversas questões, como, por exemplo, iluminação inadequada, mobiliário desconfortável, a má postura dos trabalhadores, temperaturas desagradáveis, altos níveis de ruídos, ventilação insuficiente, ferramentas ou equipamentos de trabalho inadequados, dentre outros aspectos. 

Portanto, de maneira simplificada, a análise ergonômica do trabalho é um registro que aponta todos os riscos ergonômicos da empresa, do ambiente de trabalho ou do próprio profissional.

Se tratando de AET, é importante ressaltar ainda que essa análise é prevista pela Norma Regulamentadora (NR) 17, ou norma da ergonomia. 

A Norma Regulamentadora 17

A NR 17 aborda a Segurança e Medicina do Trabalho, visando estabelecer medidas que possibilitem a adaptação das condições de trabalho, considerando as características dos funcionários e suas necessidades físicas e psicológicas. 

Dessa forma, cabe à Norma Regulamentadora 17 tratar da ergonomia no ambiente de trabalho, a fim de proporcionar maior conforto e segurança aos trabalhadores, bem como melhor desempenho das atividades internas. 

Quais os benefícios da AET?

Aplicar a análise ergonômica do trabalho na empresa vai muito além do cumprimento das diretrizes da NR 17. 

A elaboração deste documento demonstra todo o cuidado e preocupação que empresa tem com o bem-estar de sua equipe e com a qualidade de vida dos trabalhadores dentro e fora do ambiente laboral. 

A análise ergonômica do trabalho traz diversas vantagens tanto para a empresa quanto para os colaboradores. Confira alguns benefícios de aplicar a AET na sua organização: 

1.Ambiente de trabalho adequado

Ao examinar todo o ambiente laboral, considerando maquinário, mobiliário de escritório, iluminação e ventilação dos espaços de trabalho, roupas de proteção, processos internos, níveis de ruídos e demais aspectos, a análise ergonômica laboral abre espaço para a organização adequar o ambiente de trabalho de acordo com as melhores medidas de proteção, segurança e conforto para toda a equipe. 

2.Mais engajamento e produtividade

A AET atua de maneira a melhorar o engajamento dos colaboradores e aumentar a produtividade interna. 

Quando os funcionários percebem os esforços da empresa para proporcionar um ambiente de trabalho mais seguro e confortável para todos, eles se sentem mais valorizados, satisfeitos e engajados com o trabalho. 

Já as melhorias nos processos apontadas pela análise ergonômica podem reduzir esforços repetitivos, movimentos inadequados e interferências no ambiente laboral, melhorando o foco e a disposição dos colaboradores e, como consequência, aumentando os níveis de produtividade das equipes. 

3.Redução de faltas e afastamentos

Uma empresa que oferece riscos à saúde e bem-estar dos trabalhadores frequentemente sofre com faltas e afastamentos por lesões, doenças e acidentes de trabalho. 

Os altos índices de absenteísmo entre a equipe devido às inadequações no ambiente de trabalho causam prejuízos na rotina interna, nos resultados dos processos e no lucro da empresa. Sem contar os gastos adicionais com plano de saúde, e nos casos mais graves, com indenizações. 

Com a aplicação da AET e os cuidados com a ergonomia é possível reduzir os riscos que possam gerar lesões nos colaboradores ou acidentes de trabalho, bem como garantir à equipe uma atuação mais confortável, segura e saudável.

4.Redução de ações trabalhistas

Trabalhadores que atuam de maneira inadequada e fora dos padrões da ergonomia podem desenvolver problemas de saúde e doenças relativas ao ambiente de trabalho. 

Nesses casos, a empresa terá que se responsabilizar pelo ocorrido e enfrentar processos trabalhistas que podem prejudicar as finanças e a imagem da organização.

Quando a análise ergonômica é aplicada, a empresa tem a possibilidade de melhorar seu ambiente de trabalho e investir em ações de preservação da saúde da equipe, se adequando à legislação e reduzindo os processos trabalhistas. 

5.Aumento da credibilidade

Ao investir na AET, a empresa assume sua responsabilidade social e demonstra para o público interno e externo o cuidado com o ser humano e a valorização da segurança.

Essas atitudes são bem vistas por fornecedores, consumidores, parceiros e sociedade, elevando a credibilidade da empresa perante o mercado. 

6.Diminuição de custos

Considerando que a análise ergonômica do trabalho proporciona menores níveis de absenteísmo entre a equipe, aumenta a produtividade dos colaboradores, otimiza processos e reduz ações trabalhistas, é inevitável para a empresa que aplica a AET se beneficiar da diminuição de custos e economia no orçamento.

Quando contar com a análise ergonômica?

O serviço de análise ergonômica do trabalho deve ser utilizado por toda empresa que ofereça riscos ergonômicos aos colaboradores. Ou seja, toda e qualquer organização com funcionários, já que não existe nenhuma empresa totalmente livre dos riscos laborais.

Segundo os critérios da NR 17, toda organização que possuir, pelo menos, um funcionário contratado, deve realizar a análise ergonômica no ambiente laboral. Portanto, este serviço não se trata de uma opção para as organizações, mas sim uma obrigação.

Aplicar a análise ergonômica do trabalho representa, legalmente, a adequação à legislação, além da redução de multas, denúncias e punições por parte do Ministério do Trabalho e Emprego.

O laudo ergonômico

Após a realização de todo o processo de análise ergonômica do trabalho, é emitido um documento final, impresso ou digital, chamado de laudo ergonômico. 

Neste laudo constam anotações referentes às análises realizadas no ambiente de trabalho, além de sugestões e indicações de melhorias a serem feitas para adequar a ergonomia da empresa.

A partir das informações presentes no laudo ergonômico, a organização pode documentar e sistematizar os procedimentos necessários para as mudanças na estrutura, mobiliário, processos e demais aspectos internos, a fim de respeitar as legislações trabalhistas e tornar o ambiente laboral um espaço mais seguro, confortável e adequado para todos. 

A Maxipas, empresa de Segurança e Medicina do Trabalho, é hoje uma das maiores do ramo no Brasil. Desde 1995, estamos presentes no mercado prestando assessoria em Saúde Ocupacional e realizando processos ligados à área. 

Com uma ampla estrutura que abrange 14 regionais, a Maxipas oferece uma cobertura em todo o território nacional, proporcionando soluções inovadoras e tecnológicas em medicina ocupacional. 

Nossos recursos contam com avançados softwares de gestão e processos automatizados para a rede de franqueados Maxipas operar com máxima liberdade e capacidade de otimização. 

Possuímos ainda dispositivos como aplicativo, plataforma de inteligência exclusiva e inteligência artificial para facilitar os processos, garantir excelência em Segurança e Medicina do Trabalho nas clínicas da Maxipas e atender a todas as necessidades de nossos clientes.