Saúde  |  17-04-2019

9 motivos que comprovam que correr faz bem

Correr faz bem. Isso não é nenhuma novidade para os adeptos da prática, e uma pesquisa recente da USP (Universidade de São Paulo) reforça essa ideia e ainda lista os benefícios da corrida de acordo com os praticantes.

Correr faz bem para o corpo, ao ajudar a ter uma vida mais saudável, e para a mente, aliviando estresse e trazendo felicidade

A pesquisa, feita pelo Grupo de Estudos e Pesquisa em Comunicação e Marketing no Esporte, da Escola de Educação Física e Esporte da USP, em parceria com a Strava, rede social para atletas, ouviu 1.154 praticantes, e a grande maioria afirma que correr faz bem porque o esporte dá mais qualidade de vida, traz felicidade e uma série de outros benefícios.

Por que correr faz bem?

De acordo com os entrevistados, foram oito os benefícios da corrida para o corpo e para a mente. O esporte ajuda a lever uma vida mais saudável e emagrecer e a aliviar o estresse, por exemplo.

Veja as opções mais votadas:

  •     94% veem nessa atividade física um caminho para se manter saudável;
  •     92% afirmaram se sentir bem depois de correr
  •     91% responderam que correr traz qualidade de vida;
  •     90% creditam à corrida o motivo para se manterem fisicamente ativos;
  •     90% declararam que correr ajuda a aliviar o estresse mental;
  •     89% responderam que correr deixa o indivíduo mais feliz;
  •     87% que as corridas ajudam a diminuir a tensão e a ansiedade;
  •     80% que correr traz um sentimento de autoconfiança;
  •     59% acreditam que a corrida é uma ótima oportunidade de passar mais tempo com os amigos.

Por que correr ajuda a aliviar o estresse?

Correr faz bem porque, entre outras razões, ajuda a liberar endorfina, substância que traz sensação de bem-estar.

Muitos dos entrevistados relacionaram a corrida a boas sensações e à felicidade e, como o estresse é um problema cada vez mais comum no nosso dia a dia, apostar na prática para combater esse mal é uma boa ideia.

Isso porque durante a atividade física o cérebro produz endorfina, que é considerada um analgésico natural. Ela ajuda a reduzir o estresse e aliviar a ansiedade.

Além disso, a corrida também traz um desafio e um sentimento de superação. Geralmente os praticantes querem  se arriscar nas corridas de rua e aí essa sensação é ainda mais aflorada. Há o objetivo de cruzar a linha de chegada e o prazer do dever cumprido ao final da prova.

Que tal começar a correr?

Já que correr faz bem, por que não começar agora? Veja dicas para iniciar a prática.

Os participantes da pesquisa também afirmaram que já levam uma vida ativa, sendo que 94% declararam fazer atividades físicas, no mínimo, três vezes por semana e outros 71% disseram já ter participado de uma corrida de rua.

Entretanto, a corrida é um esporte democrático e de fácil a acesso e não é tão difiícil começar depois de se inspirar nesses benefícios.

Para quem se aventurar no esporte e ajudar a aliviar o estresse do dia a dia com uma corridinha, a primeira dica é procurar o auxílio de um profissional. Ele vai montar um treino e vai preparar seu corpo para começar a correr.

Uma sugestão, segundo o personal trainer Rodrigo Bicudo em entrevista prévia ao Delas, começar com uma caminhada e, aos poucos, alternar corrida e um trote leve. De acordo com o profissional, pode fazer trotes de 30 segundos a 1 minutos e caminhadas de 4 minutos, por exemplo.

Além do treino em si, também vale prestar atenção a itens como tênis e roupas confortáveis e hidratação adequada antes, durante e após a prática. Assim, logo você também estará no coro do ” correr faz bem “.