exames admissionais

Saúde  |  18-11-2020

Quais são os exames admissionais obrigatórios

A contratação de um novo colaborador demanda a realização de uma série de procedimentos para garantir a adequação do profissional ao cargo e uma relação de trabalho duradoura. Os exames admissionais fazem parte deste processo e são fundamentais para atestar a saúde do novo colaborador.

Conforme a legislação estipula, toda empresa que contrata sob o regime CLT, independente do porte, deve submeter os novos colaboradores aos exames admissionais para fins de documentação legal e para analisar as condições de saúde e perfil dos futuros funcionários.

Mas mesmo se tratando de um processo comum nas organizações, ainda existem muitas dúvidas em relação aos exames admissionais realizados. Isso porque, esses exames possuem procedimentos complementares, além de apresentarem certas proibições para a empresa. 

Entenda os exames admissionais

Os exames admissionais são procedimentos que demonstram o atual estado de saúde do profissional e sua capacidade laboral, e representam um importante registro médico tanto para o colaborador quanto para a empresa. 

Afinal, além de proteger a saúde do profissional, evitando que ele exerça funções que possam prejudicar sua integridade ou agravar doenças prévias, estes exames também protegem o empregador contra possíveis ações judiciais relacionadas a doenças ocupacionais preexistentes.

Basicamente, o exame admissional permite que o médico identifique se o novo colaborador possui as condições de saúde necessárias para exercer determinado cargo dentro da empresa de maneira segura e adequada.  

Durante a consulta é feito o registro do histórico de saúde do profissional, com base em questionamentos sobre as doenças preexistentes, os medicamentos usados, as condições anteriores de trabalho, etc.

Neste procedimento, o profissional responsável deve buscar informações relevantes sobre a vida do trabalhador até o momento, levantando possíveis danos à saúde causados por funções anteriores. 

Após esta etapa, o médico realiza um exame físico tradicional para coletar dados referentes à pressão arterial, peso, altura e capacidade cardíaca e respiratória. 

Quais são os exames admissionais obrigatórios?

Os exames admissionais são procedimentos que só podem ser realizados por um médico especializado em medicina do trabalho. 

Afinal, somente este profissional terá a qualificação necessária para emitir o Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) após a realização dos exames.
É importante ressaltar ainda que os exames admissionais não são exatamente os mesmos para todas as empresas. Os procedimentos variam conforme a função que será exercida.
Dessa forma, cada organização deve considerar as particularidades das atividades, realizando os exames mais adequados para avaliar as condições físicas e mentais do profissional que irá ocupar determinado cargo. 

Confira quais são os procedimentos obrigatórios durante os exames admissionais de uma empresa:

Anamnese Ocupacional

A anamnese é uma entrevista que o médico realiza com o colaborador, em que ele faz uma série de perguntas de modo a levantar o histórico médico do profissional recém-contratado.

Esta etapa tem o objetivo de avaliar se o novo funcionário está apto fisicamente e mentalmente para exercer a função dentro da empresa. 

Por considerar o cargo e atividade a ser realizada, a anamnese ocupacional deve ser personalizada, voltada especificamente para cada profissão. 

Pressão arterial e batimentos cardíacos

A próxima etapa consiste na avaliação da pressão arterial e dos batimentos cardíacos do colaborador. 

Nesta etapa é importante que o profissional informe o médico caso tenha histórico de problemas cardíacos ou de pressão.

Exames complementares 

Além dos exames admissionais obrigatórios, existem outros procedimentos que podem ser solicitados pelo médico do trabalho, conforme as atividades que serão desempenhadas pelo novo colaborador. 

Conheça alguns dos exames complementares que podem integrar os exames admissionais:

Saúde das articulações 

Se a atividade demandar esforço repetitivo, é importante checar a saúde das articulações do colaborador, além de postura e movimentos.

Afinal, é possível que lesões ocorridas em trabalhos anteriores possam se agravar caso o emprego atual exija os mesmos esforços físicos.

Funções de risco

No caso de atividades de risco, que exponham o trabalhador a agentes físicos, químicos e biológicos, é necessário realizar alguns exames complementares para garantir a integridade da saúde do profissional. 

Assim, considerando a função desempenhada, o médico poderá solicitar os seguintes exames admissionais complementares: 

  • Audiometria: avalia a condição auditiva do trabalhador;
  • Espirometria: avalia a função respiratória;
  • Acuidade Visual: avalia a visão do colaborador;
  • Raios-x;
  • Eletrocardiograma: confere o ritmo cardíaco;
  • Eletroencefalograma: avalia a condição neurológica do funcionário.

 

Para realizar os exames admissionais e demais procedimentos complementares da sua empresa de maneira eficiente e conforme a legislação, conte com uma parceira especializada em Segurança e Medicina do Trabalho. 

A Maxipas é uma das maiores redes de Saúde Ocupacional do mercado, e possui profissionais qualificados para realizar os procedimentos necessários na sua equipe. 

Com o apoio de tecnologia de ponta e processos inovadores, levamos as melhores soluções em Medicina do Trabalho para o seu negócio.

Nossos profissionais realizam os exames admissionais com emissão do ASO, além de uma série de exames complementares em Saúde Ocupacional com embasamento na Norma Regulamentadora n.º 7. 

Entre em contato com a nossa equipe e solicite uma proposta dos exames ocupacionais da Maxipas.