medicina do trabalho

Saúde  |  08-12-2020

Quais são os objetivos da Medicina no Trabalho

A forma de trabalhar está mudando, e a crescente preocupação das empresas com a saúde de seus colaboradores tem colocado em evidência no ambiente organizacional uma importante área da saúde: a medicina do trabalho.

Este conceito aborda a prevenção de doenças ocupacionais e o controle de riscos no local de trabalho, auxiliando as empresas no cumprimento de obrigações trabalhistas e na promoção da saúde dos colaboradores.

Quer entender melhor a medicina do trabalho e compreender como ela atua dentro das organizações?

O que é medicina do trabalho?

A medicina do trabalho é uma especialidade da medicina que busca preservar a saúde física e psicológica do trabalhador em seu ambiente laboral.

Esta área da saúde atua dentro das empresas para proteger a integridade do colaborador contra riscos químicos, físicos, biológicos e ergonômicos, além de prevenir e tratar possíveis doenças ocupacionais que possam surgir ou se agravar devido às atividades profissionais desempenhadas.

O médico do trabalho é o profissional responsável por zelar pelo bem-estar do funcionário e preservar sua saúde. Afinal, através da análise do médico é possível estabelecer medidas preventivas que evitem o surgimento de problemas de saúde futuros.

Além disso, este profissional também avalia se as funções exercidas pelo colaborador estão de acordo com a atividade registrada, alertando a empresa sobre possíveis situações que possam sobrecarregar a saúde física e mental do trabalhador.

Qual a importância da medicina do trabalho?

A presença da medicina do trabalho dentro das empresas representa muito mais do que o cumprimento das obrigações trabalhistas e a adequação à legislação da CLT. 

A partir do momento em que os gestores garantem os recursos da medicina do trabalho no dia a dia da empresa, é possível delimitar estratégias preventivas e promover ações que melhorem a qualidade de vida dos empregados no ambiente laboral.

Por meio dos processos da medicina do trabalho a empresa evita que seus funcionários sejam afastados por problemas de saúde, conta com profissionais mais produtivos e dispostos e reduz custos com falta de pessoal ou até mesmo ações trabalhistas devido a problemas de saúde desenvolvidos durante as atividades.

Já os colaboradores aproveitam um local de trabalho mais seguro e adequado, se sentem mais protegidos e ativos para realizar suas tarefas diárias e contam com uma empresa que se preocupa com o bem-estar de sua equipe.

Basicamente, a medicina do trabalho é essencial para as organizações, pois ela atua de forma eficiente em duas frentes: tanto na prevenção quanto no controle das doenças ocupacionais.

A medicina do trabalho na prática

Agora que já esclarecemos o que é a medicina do trabalho e qual a sua importância, é hora de conhecer as ações práticas desta área médica. 

Para que o médico do trabalho possa analisar as condições de saúde do colaborador e trabalhar na prevenção e controle das doenças, é essencial realizar procedimentos médicos, como os exames admissionais, periódicos, demissionais, entre outros.

Estes exames são obrigatórios e fazem parte do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), iniciativa que busca preservar a saúde dos trabalhadores por meio da realização de procedimentos clínicos e complementares em conjunto com iniciativas que promovem a saúde e segurança do trabalho.

Conheça um pouco mais sobre os procedimentos: 

    • Exame admissional: avaliação realizada antes do colaborador iniciar suas atividades na empresa, a fim de atestar se o profissional tem as condições de saúde necessárias e está apto a assumir o cargo dentro da empresa.
    • Exame demissional: avaliação realizada ao fim do contrato de trabalho entre empresa e colaborador, objetivando avaliar as atuais condições de saúde do profissional e identificar problemas de saúde ou doenças que possam ter se desenvolvido durante o período em que ele atuou na empresa.
    • Exames periódicos: são procedimentos realizados ao longo do vínculo empregatício entre o funcionário e a empresa para identificar alterações na saúde do colaborador devido às atividades que ele desempenha ou do ambiente de trabalho no qual está inserido. 
    • Exame de retorno ao trabalho: procedimento realizado para atestar se o funcionário está apto ou não para retornar à sua função dentro da empresa após afastamento por doença, acidente de origem ocupacional ou não, ou parto.
    • Exame de mudança de função: avaliação realizada para certificar se o colaborador está apto ou não para exercer novas atividades na empresa. No entanto, este procedimento só é realizado quando a nova função apresenta riscos ocupacionais diferentes do cargo anterior.

 

 

Os exames ocupacionais podem vir acompanhados de procedimentos complementares dependendo do cargo do colaborador. 

Atuando em conjunto com outros profissionais, o médico responsável pelos processos da medicina do trabalho deve:

  1. Proporcionar um ambiente laboral mais adequado e com melhores condições físicas e psicológicas de trabalho;
  2. Apresentar planos de risco para melhorar a organização da empresa;
  3. Otimizar a qualidade de vida no ambiente de trabalho;
  4. Reduzir os índices de doenças ocupacionais, bem como os riscos de acidentes de trabalho;  
  5. Gerar um ambiente laboral mais ergonômico para todos.

Considerando o papel de grande importância que a medicina do trabalho desempenha nas empresas, é fundamental que os gestores invistam na saúde dos colaboradores e desenvolvam uma relação ainda mais próxima com esta área.

No entanto, nem toda organização possui um setor interno voltado para a medicina do trabalho. Nestes casos, é preciso contar com uma parceira especializada em Segurança e Medicina do Trabalho. 

A Maxipas é uma das maiores redes de Saúde Ocupacional do mercado, e conta com profissionais especialistas em medicina do trabalho.

Nossos processos são inovadores e tecnológicos, para que você possa realizar os exames médicos da sua equipe com maior segurança e eficiência. 

Entre em contato com nossos especialistas e solicite uma proposta da Maxipas para a realização de exames clínicos ocupacionais, elaboração de PCMSO, exames complementares e muito mais!