saúde ocupacional

Segurança do Trabalho  |  11-09-2020

Como promover a Saúde Ocupacional no ambiente de trabalho

Quando se trata de qualidade de vida no trabalho, é dever das empresas garantir o bem-estar dos colaboradores e proporcionar um ambiente laboral seguro para todos. Dessa forma, as práticas de Saúde Ocupacional e Medicina Ocupacional se tornam fundamentais no dia a dia das organizações. 

Com a adoção de medidas preventivas voltadas à segurança e saúde dos trabalhadores, é possível garantir um ambiente laboral mais adequado, minimizar os riscos relativos às atividades internas, promover melhores condições de trabalho e reduzir a ocorrência de acidentes e doenças ocupacionais. 

Se a sua empresa ainda não investe em práticas de Saúde Ocupacional, acompanhe o artigo de hoje para entender mais sobre esse conceito e sua importância tanto para a qualidade de vida dos trabalhadores quanto para a organização como um todo. 

Saúde Ocupacional: o que é? 

Apesar de ser um termo recorrente dentro das empresas, poucas pessoas sabem, de fato, o que é Saúde Ocupacional e qual sua real função no ambiente de trabalho.

Muitos colaboradores pensam que este conceito se trata de um exame realizado durante a admissão ou demissão de funcionários. Contudo, a Saúde Ocupacional vai muito além disso. 

Este termo se trata de um setor específico dentro da área da saúde, voltado unicamente para cuidar da saúde dos trabalhadores. 

Em outras palavras, a Saúde Ocupacional representa um conjunto de normas e procedimentos que visam reduzir e até mesmo eliminar os riscos presentes no ambiente de trabalho, além de identificar e prevenir possíveis doenças decorrentes das atividades laborais.

A Saúde Ocupacional, portanto, atua para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores, garantindo o bem-estar e a integridade da equipe em um ambiente de trabalho adequado e seguro para todos desempenharem suas atividades com mais conforto.

Devido à sua importância, a Saúde Ocupacional é um setor obrigatório dentro de órgãos governamentais e de empresas públicas e privadas, independente do ramo de atuação e do porte da organização.

A fiscalização dos procedimentos é realizada pela Secretaria de Trabalho, antigo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), através das Normas Regulamentadoras (NRs) e dos seguintes programas exigidos por lei: Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA).

Por meio da fiscalização, o governo pode acompanhar a realização das ações de segurança e medicina, e garantir que as organizações estejam adotando medidas para promover o bem-estar e a saúde dos colaboradores. 

Medicina Ocupacional: o que é?

Além da Saúde Ocupacional, vale destacar outro termo muito utilizado quando o assunto é saúde do trabalhador: a Medicina Ocupacional. 

Também chamada de Medicina do Trabalho, a Medicina Ocupacional é uma área da medicina especializada na interação entre o ambiente de trabalho e a saúde do trabalhador. 

Através de medidas preventivas, a Medicina Ocupacional visa garantir a integridade física e psicológica dos colaboradores, evitando e tratando doenças e ferimentos de origem laboral. 

A atuação dos médicos do trabalho dentro das empresas melhora a qualidade de vida e a saúde dos funcionários, equilibra a vida pessoal e profissional dos trabalhadores e promove o bem-estar geral da equipe.

Saúde Ocupacional x Medicina Ocupacional: qual a diferença?

Como você conferiu, tanto a Saúde Ocupacional quanto a Medicina Ocupacional estão ligadas à preservação da saúde do colaborador no ambiente laboral. 

E para promover um local de trabalho adequado e seguro para todos, é importante que os dois termos se complementem e atuem de maneira conjunta dentro das empresas. 

Enquanto os médicos do trabalho atuam na prevenção de doenças ocupacionais e no tratamento do colaborador, garantindo que ele se recupere completamente e volte a exercer sua função em perfeitas condições de saúde, a Saúde Ocupacional reúne profissionais multidisciplinares que atuam dentro da empresa, interferindo no ambiente de trabalho e na cultura da organização.

A Saúde Ocupacional, portanto, é um conceito mais amplo que reúne ações em diversas frentes para reduzir os riscos à integridade dos colaboradores no local de trabalho e promover mais segurança e saúde a todos. 

Por que investir em Saúde Ocupacional na empresa?

As ações de Saúde Ocupacional atuam no ambiente de trabalho trazendo benefícios tanto para os empregados quanto para o empregador. 

Conheça algumas vantagens que a Saúde Ocupacional pode proporcionar para a sua empresa: 

1.Minimizar os acidentes de trabalho e prevenir doenças ocupacionais

Através da atuação de profissionais multidisciplinares e do desenvolvimento de programas de controle e prevenção, a Saúde Ocupacional minimiza os riscos do ambiente de trabalho, diminuindo o índice de acidentes laborais e o desenvolvimento de doenças ocupacionais.

2.Melhorar o clima organizacional

Ao ter acesso a um setor de saúde voltado ao seu bem-estar e segurança, com profissionais preparados para prestar toda a assistência necessária em caso de problemas relacionados à saúde, o trabalhador se sente mais tranquilo, feliz e motivado no local de trabalho. 

As ações de Saúde Ocupacional proporcionam ainda um ambiente seguro e adequado para as atividades, evitando a vulnerabilidade dos colaboradores durante o dia a dia de trabalho.

3.Otimizar a produtividade e os resultados 

Como consequência de um local de trabalho seguro e de profissionais mais motivados com suas atividades, a empresa se beneficia de um melhor desempenho da equipe e de aumentos na produção. 

Além disso, a atuação da Saúde Ocupacional também reduz consideravelmente o índice de absenteísmo e os afastamentos por motivos de saúde. 

4.Evitar multas e processos trabalhistas 

Como você conferiu, as ações da Saúde Ocupacional são uma obrigatoriedade dentro das empresas. E com a criação do eSocial, a prestação de contas se tornou ainda mais rigorosa. 

Deixar de investir em Saúde Ocupacional e cumprir com suas exigências pode resultar na aplicação de diversas multas à empresa. 

Já em situações mais graves, que envolvem acidentes de trabalho ou o desenvolvimento de doenças ocupacionais, a organização poderá responder civil e criminalmente. 

Se você deseja contar com todos estes benefícios na sua empresa, invista nas melhores soluções em Saúde Ocupacional da Maxipas. 

Através de processos inovadores e tecnológicos, a Maxipas oferece um Combo de Saúde Ocupacional completo com a emissão dos programas exigidos e consultoria para reduzir os riscos de acidentes e doenças laborais na sua empresa.

Com uma ampla estrutura para atender às Normas Regulamentadoras, a equipe Maxipas realiza todos os serviços necessários para que as medidas prevencionistas e médicas sejam tomadas, garantindo assim o bem-estar da sua equipe e o aumento da produtividade.

Nosso Combo Saúde Ocupacional contempla serviços como:

  • PPRA Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (NR-09);
  • PCMSO Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (NR-07);
  • Exames Clínicos Ocupacionais (Admissional, Demissional, Periódico, Retorno ao Trabalho e Mudança de Função);
  • LTCAT Laudo Técnico das Condições do Ambiente do Trabalho;
  • E muito mais!

Para conhecer todas as soluções em Saúde Ocupacional da Maxipas e descobrir nossas vantagens exclusivas, acesse nosso site e solicite uma proposta.