gestão de cipa

Segurança do Trabalho  |  05-03-2021

Dicas para uma gestão de CIPA de sucesso

A administração de uma empresa reúne uma série de processos regulamentados por Lei. A gestão de CIPA, por exemplo, é uma obrigatoriedade para organizações com mais de 20 funcionários, conforme descrito na Norma Regulamentadora n.º 5.  

Assim como outras siglas, como PGR, PPRA e GRO, a CIPA também aborda questões relacionadas à Saúde Ocupacional, prevenção de acidentes e segurança do trabalho.

Se a CIPA é uma obrigatoriedade na sua organização, confira hoje algumas dicas para realizar uma gestão de CIPA de sucesso. 

Entendendo a CIPA

Sigla para Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, a CIPA é regida pela Norma Regulamentadora nº 5 e foi desenvolvida com o objetivo de prevenir acidentes e doenças provenientes do trabalho. 

Formada por representantes de empregadores e empregados, esta comissão interna busca preservar a vida e promover a saúde dos colaboradores dentro da empresa. Para isso, são realizadas diversas atividades para vistoriar o ambiente de trabalho e solucionar possíveis problemas que possam causar acidentes.

Basicamente, a CIPA existe para analisar quais riscos existem dentro da empresa e como é possível preveni-los.  

Conforme descrito na NR-05, a quantidade de integrantes da CIPA vai depender do número de funcionários da empresa que atuam em funções consideradas de risco.

Dicas para gestão de CIPA

Agora que esclarecemos o conceito de CIPA, confira algumas dicas para realizar a gestão dessa comissão de maneira adequada dentro da organização:

1.Envolver pessoas na gestão

Com o objetivo de melhorar o ambiente de trabalho para todos, a CIPA é um projeto de grande importância nas empresas e deve envolver cada vez mais pessoas. 

Por isso, é essencial fazer com que os demais colaboradores entendam que, mesmo não fazendo parte do núcleo da comissão, eles também podem contribuir com o bem-estar de todos. Afinal, quanto mais pessoas incluídas no processo, melhor serão os resultados. 

Nesse sentido, as parcerias são fundamentais para facilitar o trabalho da comissão e gerar um ambiente de atuação mais seguro.

2.Investir na qualificação do cipeiro

Assim como em qualquer processo interno, a CIPA precisa ser fortalecida constantemente. Para isso, nada melhor do que investir na capacitação dos membros. 

O treinamento CIPA é um curso obrigatório com duração de 20 horas, necessário nas empresas para capacitar os cipeiros. 

Mas apesar do curso ser fundamental, é preciso ir além dele. Afinal, cada organização possui suas particularidades. 

Considerando isso, a solução para uma gestão de CIPA de sucesso é contar com o apoio do RH para definir o que esperar da comissão conforme as características da empresa.

3.Estabelecer objetivos para a CIPA

Para muitos profissionais, a CIPA é vista apenas como uma oportunidade de estabilidade dentro da empresa. Mas para garantir uma boa gestão, é preciso alterar essa visão através da definição de objetivos para a comissão. 

Como parte da definição de objetivos, vale distribuir formulários aos interessados para que respondam o que de fato desejam fazer como membros da CIPA. 

Assim, somente pessoas realmente interessadas em trabalhar e buscar ações preventivas irão se juntar à comissão. 

4.Buscar inovações constantes

Como mencionamos, a CIPA tem o objetivo de analisar o ambiente de trabalho e propor melhorias dentro da empresa. Mas para garantir que a comissão funcione com eficiência, é preciso abrir espaço para as inovações no processo. 

Afinal, um ambiente que promove a troca de ideias e incentiva as inovações tem maiores chances de promover mudanças positivas nas mais diversas áreas da empresa.  

A Maxipas e a gestão de CIPA

Que promover uma gestão de CIPA ainda mais eficiente na sua empresa? Então, conte com as soluções da Maxipas.

Especialista em Saúde Ocupacional, a Maxipas realiza toda a assessoria necessária para a formação da CIPA na sua empresa, desde a eleição dos representantes da comissão até o acompanhamento mensal das reuniões.

Com base nas estipulações da NR-05, a solução da Maxipas auxilia na promoção de uma gestão eficiente de CIPA, contemplando a realização de ações conforme o cronograma, a execução de todas as reuniões e o monitoramento de Equipamentos de Proteção Individuais (EPI’s).

Além disso, a Maxipas também realiza cursos para capacitação de cipeiros com embasamento na NR-05, atendendo a formação de designado para CIPA ou da comissão interna. 

Solicite uma proposta de nossas soluções e receba um atendimento personalizado.